Conteúdo giro180

Comportamento do consumidor pós-pandemia: 5 verdades e nenhuma mentira

Varejo180

31 de agosto de 2021


Crédito: Getty Images

Uma pesquisa encomendada pela DemandTec pela Acoustic e conduzida pela empresa controladora da RIS News, EnsembleIQ, revelou algumas verdades-chave sobre as percepções e o comportamento do consumidor em um mundo pós-pandêmico, e hoje traremos alguns dados aqui no blog giro180.

Um insight inicial já demonstra o que vamos encontrar no resultado desse estudo: O cliente A adorava comprar mantimentos na loja física, mas quando a pandemia da COVID-19 atingiu o mundo, ele passou a fazer seus pedidos online. No futuro, com a reabertura do mundo, ocasionalmente este mesmo cliente pode até visitar o local, mas definitivamente ele continuará seu padrão de compras do período pandêmico.

LEIA TAMBÉM: Cresce o modelo de Honest Market no Brasil

As descobertas da nova pesquisa, conduzida na metade de 2021, refletem o feedback de 752 consumidores espalhados em cinco países do mundo, como Brasil, França, Alemanha, Reino Unido e Estados Unidos, misturando cinco gerações e divididos igualmente entre gênero femino e masculino. Os setores abordados no estudo variam de vestuário e acessórios; farmácia; eletrônicos; mercado; saúde & beleza; reforma da casa; e móveis. E estas foram as cinco verdades encontradas:

VERDADE 1: Abrace o e-commerce. As compras online farão parte da vida de 22% dos consumidores, que admitiram que irão “sempre” ou “quase sempre” continuar consumindo dessa forma no futuro.

VERDADE 2: O olhar do consumidor será mais crítico à variação de preços. Os compradores estão mais conscientes dos preços, e alguns setores ficaram mais visados devido a sua constante variação, como Mercados (52%), Eletrônicos (33%) e Saúde e Beleza (32%).

VERDADE 3: É preciso abrir o leque das promoções. A pandemia aumentou a probabilidade de os consumidores optarem por ofertas promocionais e 59% deles admitiram que são “extremamente” ou “muito prováveis” de responder a ofertas de desconto, um aumento de 4% se comparado aos anos anteriores à pandemia.

VERDADE 4: A queda nas idas ao mercado é real, mas o gasto é maior. Na pesquisa, 35% dos consumidores admitiram que sua frequência no supermercado diminuiu se comparado ao período antes da pandemia e a tendência é que se gaste mais dinheiro – e menos tempo neste estilo de consumo.

VERDADE 5: O amor pelas marcas próprias existe. No ano passado, os consumidores aceleraram o ritmo da aceitação de produtos de marca própria e alguns até se tornaram fiéis a estas. E veja bem o número: 80% dos entrevistados admitiram considerar marcas próprias como de qualidade semelhante ou superior às grandes/tradicionais.

Não há mentira no fato de que o comportamento do consumidor passou por mudanças que pretendem ficar. Resta agora entender como adaptar os negócios e a experiência destes compradores à nova era do varejo pós-pandemia.

Quer baixar a pesquisa completa? Clique aqui para conhecer o estudo.

Fonte: Retail Info Systems news