Conteúdo giro180

O que pode acontecer com o fechamento de 68 lojas físicas da Amazon?

Gustavo Carrer

30 de março de 2022

O fechamento das lojas da Amazon (leia aqui) está muito mais relacionado à concentração do negócio principal, que são os produtos frescos e a ativação frequente e diária, do que propriamente um fracasso no modelo de loja física. Eles usaram essas lojas, tanto a Amazon Books, que é a livraria da loja física, como a 4 Star, para aprender a entender o modelo de loja física. Ao mesmo tempo em que isso vinha acontecendo, eles fizeram a aquisição da Whole Foods e lançaram as Amazon Go.

Todo o mix dessas lojas, tanto da 4 Star como da Amazon Books, é muito orientado localmente, mas que facilmente pode ser incorporado pelas outras duas em uma expansão de categorias. Dentro de um raciocínio de fortalecimento da marca, a frequência e a ativação do varejo alimentar é muito mais intenso. Os pontos onde as lojas Amazon Go e Whole Foods estão presentes conseguem cobrir toda a demanda de entregas e de pontos físicos, que também eram explorados com os lockers nas lojas físicas. Então, muito mais do que uma análise de que o negócio não era viável, é uma questão de orientar e trazer o consumidor para aquelas lojas em que a possibilidade de conversão é muito maior. Uma visita à Amazon Go ou à Whole Foods tem uma capacidade de venda, de ticket médio e de ticket ao longo do ciclo, de uma semana ou de um mês, muito maior do que essas outras duas lojas. Você vai ter uma venda por metro quadrado, uma produtividade de equipe muito maior nessas lojas. 

Então, entendemos que não foi uma desistência das lojas físicas, mas sim colocar os recursos naquelas que possuem maior potencial de rentabilidade e de lucratividade.

Sobre os aspectos de branding e de conveniência, as lojas da Whole Foods e da Amazon Go conseguem exercer esse papel muito bem. Todos os pontos de presença dessas lojas têm os lockers, então tem-se a conveniência de fazer o clique e retira. E sobre o aspecto do branding, essas lojas devem alcançar um grande número nos próximos anos, falando só de Amazon, Amazon Go e Amazon Fresh. Eles estão experimentando lojas com um mix maior, a Amazon Fresh tem um mix maior, são lojas maiores do que a Amazon Go. Isso, muito provavelmente, deve incluir alguns itens que antes eram vendidos só na 4 Star, então um possível gap pode ser coberto dessa forma.

Autor: Gustavo Carrer
Head de Novos Negócios e Inovação da Inwave e Retail Thinker da varejo180